30 de agosto de 2012

planícies áridas

Acho que o pior que pude imaginar na Islândia era ficar perdido nos lava fields descalso, literalmente pisando em giletes.

29 de agosto de 2012

myvatn

Myvatn é daqueles lugares malucos que juntam um pouco de tudo, geisers, água azul, terra vermelha, preta, branca, roxa, e assim por diante. Sem contar numas crateras formadas por explosões de ar embaixo dágua que estão mais para Nazca que para geologia.

25 de agosto de 2012

uma trilha pelo bosque

Era final da tarde (talvez mais para noite, umas 22h), paramos o carro perto de um lago e descemos para fazer um churrasquito na foz de um rio, tomar um wiskynho, comer uns caramelos, estas coisas.

24 de agosto de 2012

campo de treinamento da NASA


A NASA treinou os astronautas da missão Apolo neste campo de lava, nos anos 60. Escolheram este lugar por ter, senão a mais, uma das topografias mais parecidas com a da lua. Segundo o Paulo (meu primo cabeçudo dando cambalhota), estas pedricas eram tão leves que pareciam isopor. Para mim eram como se fosse uma espuma de lava, tipo cheetos mas obviamente não tãaaaao leve assim.


afloramento geotermal

Perto de Mivatn existe esta enorme usina de energia geotermal, que basicamente joga água no subsolo hiperaquecido pela proximidade do magma, aquecendo a água e gerando energia. E digamos que água e vulcão são das poucas coisas que a Islândia tem em abundância. A outra talvez fosse vento, ou tempo caótico.

23 de agosto de 2012

dettifoss

Dettifoss é a cachoeira com a maior vazão da Europa. Se não me engano, eram tipo 200 metros cúbicos por segundo. Dá medo.


17 de agosto de 2012

liberdade!

Estávamos procurando um lugar para dormir, já eram por volta das 23h (sim, 23h), quando encontramos estes cavalos correndo pela estradinha. No fim, acabamos dormindo no carro mesmo.

16 de agosto de 2012

caçador de arco-íris

Eu juro que tinha um arco-íris lá dentro, minha tentativa de pegá-lo (abaixo) falhou quase que ridiculamente por completo, resta ver se meu primo foi mais bem sucedido.

rider


amizade

Este filme ficou com as cores um tanto bizarras, puxando muito para o azul e para o verde. Mas acho que foi em grande parte culpa minha, que resolvi usar um filme noturno (Fuji Chrome T64 - Tungsten Light) durante o dia assim como quem não quer nada.

14 de agosto de 2012

no topitcho do skaftafell

Não costumo misturar muito as fotos em preto-e-branco e coloridas num post porque acabam facilmente ofuscando umas as outras sem que consigamos olhar direito para nenhuma delas. Neste caso, porém, achei que as fotos tiradas com uma máquina (Olympus OM-1 com Velvia 50) para as coloridas e outra (Leica M3 com Rollei IR 400) para as preto-e-brancas infravermelhas ficaram bem complementares, até porque o infravermelho dá uma limpada na nebulosidade e conseguiu uma amplitude maior de luz e sombra nas fotos, mostrando uma série de detalhes que o colorido perdeu embora não tenha este 'pequeno' elemento estético que é a cor. Dá para ver comparando ângulos muito similares que tirei com os dois filmes.




13 de agosto de 2012

chegando à casa dos cavalos

Estávamos no carro indo de um lugar para algum outro, não lembro mais de onde para onde, mas era num destes meios de caminho, quando vimos esta ruína no meio deste pasto enorme. Descemos do carro e atravessamos o charco para descobrir que havia um monte destes cavalos 'fabulous', como começamos a chamá-los dadas as suas crinas de Bon Jovi, morando nesta casa incendiada.


 'The Icelandic Horseback Mountain Band Album Cover', 1974


11 de agosto de 2012

retratos de família


Desenho hoje no atelier do Mr. Márcio, vulgo meu irmão, hehehe. Do lado tem um pedaço de Maíra que saiu absuuuuuuurdamente errado.